Com o objetivo de manter as maiores bancadas no Senado e na Câmara dos Deputados, o PMDB planeja buscar alianças com seu maior adversário na atualidade, o Partido dos Trabalhadores. As conversações estariam bem adiantadas em pelo menos 8 estados para as eleições do próximo ano. Aliados no então governo Dilma Rousseff, as siglas se apartaram depois do impeachment da presidente cassada. As informações são da Agência Estado.

Segundo o presidente nacional do PMDB, o senador Romero Jucá (RR) as alianças regionais poderão ser feitas com qualquer legenda, incluindo o PT. Ele observa que não há proibição e cada estado tem uma realidade particular.

No Ceará, por exemplo, o atual presidente do Senado, Eunício Oliveira já demonstrou o desejo de aliar-se ao atual governador Camilo Santana para tentar se reeleger. Em encontros do partido no interior, Eunício tem dito que o “PMDB é plural”,  e que não existe essa história de não poder fazer aliança com A ou com B.”

O maior empecilho poderá ser os irmãos Ferreira Gomes, Cid e Ciro, que teriam torcido o nariz para uma possível aproximação com o ex-aliado. Além do Ceará, há negociações entre PMDB e PT em Estados como Minas Gerais, Paraná, Alagoas, Piauí, Sergipe, Tocantins e Goiás.

[Ceará Agora]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *