José Domingos da Silva (1872-1967), senhor abastado, doou parte de um grande terreno de sua propriedade para a paróquia de Cascavel, na intenção de construir um seminário, capela e casa de milagres. No fim da década de trinta foi iniciada a construção da igreja e inaugurada – ainda inacabada – em 4 de outubro de 1941, a Igreja de São Francisco, santo de culto popular. O vigário padre Mauro Fernandes de Carvalho (1913-1993) e o religioso franciscano italiano Frei Bernardino de Mornico (1890-1948) foram os edificadores desta obra sacra, com o apoio dos comerciantes e do fervoroso povo cascavelense. Desde então, no mês de outubro o novenário de São Francisco concentra grande número de fiéis. É a segunda maior romaria religiosa franciscana no Ceará, superada apenas pela de Canindé/CE.

[Cascavel 300 Anos]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *