Stephen Hawking, um dos cientistas mais respeitados da atualidade, vem alertando a população quanto à nossa necessidade de explorar outros mundos a fim de encontrar uma nova morada para a humanidade no futuro. E, agora, o físico teórico diz acreditar que temos somente 600 anos para abandonar o nosso planeta, se não quisermos entrar em extinção.

A declaração foi dada durante uma apresentação em Beijing no último domingo (5), e, entre os motivos para tal previsão apocalíptica, estão fatores como o aumento da população mundial, a crescente necessidade por recursos energéticos e a falta de cuidado que temos para com o planeta, que vem tendo seus recursos naturais esgotados rapidamente nos últimos tempos.

Hawking ainda citou a famosa frase de Star Trek , dizendo que devemos “audaciosamente ir aonde ninguém jamais esteve” se quisermos sobreviver enquanto espécie. O cientista também destacou o potencial de exploração de seu projeto Breakthrough Starshot, que visa desenvolver sondas minúsculas capazes de viajar a 20% da velocidade da luz, com o objetivo de explorar outros sistemas estelares.

Uma nave do tipo poderia chegar a Marte, por exemplo, em menos de uma hora, ou, ainda, levar 20 anos para atingir o exoplaneta potencialmente habitável Proxima b, localizado a 4,2 anos-luz da Terra. Com isso, seríamos capazes de determinar com mais precisão se exoplanetas como este são mesmo habitáveis, a fim de escolher qual o próximo destino da humanidade depois que a Terra não for mais capaz de sustentar a vida como a conhecemos.

[Canaltech]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *